Retire o seu exame
Médico
Paciente
Densitometria óssea

O cálcio desempenha diversas funções no organismo, como a formação e manutenção dos ossos, dentes, coagulação do sangue, transmissão de impulsos nervosos e regulação do ritmo cardíaco. Se a ingestão for insuficiente, o organismo retira dos ossos o cálcio necessário para as funções vitais. Consequência disso é o surgimento da Osteoporose, doença que leva ao enfraquecimento dos ossos, tornando as fraturas mais frequentes, principalmente no fêmur, punho e vértebras. A osteoporose, como o próprio nome diz, é uma doença que deixa os ossos mais porosos e frágeis. Atinge quatro vezes mais as mulheres e pode ser prevenida ou no mínimo retardada.

Existem exames que medem a massa óssea, assim como a Densitometria Óssea que quantifica a densidade mineral dos ossos. Com base nesses dados, o método identifica indivíduos suscetíveis ao risco de fraturas, pois compara a densidade óssea encontrada tanto com a de pessoas mais jovens quanto com a de indivíduos da mesma faixa etária, sempre do mesmo sexo e raça. O exame é fundamental para a prevenção, diagnóstico e acompanhamento da osteoporose. Além disso, tem utilidade na avaliação da massa óssea em crianças e adolescentes.

Os idosos são grandes vítimas dessa doença, uma vez que uma simples queda acidental pode resultar em fraturas graves que, na maioria dos casos, são operadas. As causas fundamentais da osteoporose são relacionadas com o envelhecimento e com a menopausa. O uso de álcool, do fumo, falta de exercícios físicos, falta de receber raios solares, uso de corticóides, doenças da tireóide e diabetes representam outros fatores que aumentam a possibilidade de adquirirmos essa doença.

O exame faz uma análise computadorizada da densidade óssea, utilizando uma quantidade mínima de raio X como fonte de energia. O paciente precisa deitar-se na mesa para que o equipamento de densitometria possa adquirir as imagens da coluna lombar e do fêmur, que são os ossos mais afetados pela osteoporose. O procedimento é rápido, não é incômodo e é indicado para mulheres acima de 65 anos e homens acima de 70 anos. Além disso, o exame é recomendado a indivíduos com relato de fratura prévia por trauma de baixo impacto; menopausa precoce; monitorização terapêutica; história familiar de fratura; história de queda recente; sedentarismo, entre outras questões.

Para evitar o desgaste ósseo, o ideal é seguir uma dieta rica em cálcio, assim como o leite e seus derivados, desde cedo. Para a prevenção da osteoporose, é recomendada a ingestão de 1.000 a 1.500mg de cálcio por dia. A vitamina D também é importante para que o cálcio seja absorvido e é sintetizada pelo organismo através da luz solar.

Utilizamos cookies para garantir melhor experiência em nosso site. Conforme a lei de proteção de dados pessoais, mais informações, e nossa Política de Privacidade.
Aceito
ATENDIMENTO
(11) 2164-5000
atendimento@fleming.med.br
comercial@fleming.med.br
compras@fleming.med.br
rh@fleming.med.br
sac@fleming.med.br
SELO DE QUALIDADE
FLEMING - 2013 - 2021
Diogo Wad - diogo.wad@gmail.com