Retire o seu exame
Médico
Paciente
Tipos de Hepatite

Hepatite designa qualquer degeneração do fígado por diversas causas, sendo as infecções pelos vírus tipo A, B e C as mais frequentes e o abuso do consumo de álcool ou outras substâncias tóxicas (alguns remédios). .

A Hepatite C, causada por um vírus denominado HCV, é a mais preocupante já que é considerada uma doença silenciosa e um sério problema de saúde pública. Usuários de drogas injetáveis e pacientes submetidos a material cirúrgico contaminado e não descartável estão entre as maiores vítimas de hepatite, por isso o cuidado que se deve ter nas transfusões sanguíneas, no dentista, em sessões de depilação ou tatuagem. O diagnóstico é feito através de exames de sangue que medem a quantidade de anticorpos específicos contra o vírus da hepatite C produzidos pelo organismo e pela dosagem da quantidade de vírus no sangue. .

Para confirmar a hepatite crônica é necessário realizar a contagem do vírus no sangue através dos testes de biologia molecular que medem a carga viral (PCR – reação de polimerase em cadeia). Esses testes podem identificar até, no mínimo, 10 unidades de vírus por mililitro de sangue (10UI/mL). Além de confirmarem o diagnóstico da hepatite C os testes de carga viral também são úteis na identificação da transmissão da mãe para o recém-nascido, em profissionais de saúde que sofreram acidentes com instrumentos perfuro-cortantes e no acompanhamento da resposta ao tratamento. Os testes rápidos também são requeridos e permitem identificar os anticorpos anti-HCV alguns minutos após a sua realização. Estes testes não requerem coleta de sangue, mas uma gota obtida por uma "picada" no dedo. .

O tratamento tem como objetivo controlar a multiplicação do vírus e a progressão da doença. De forma geral, a diminuição da inflamação impede a evolução para cirrose e câncer de fígado. Antes de iniciar o tratamento, é preciso considerar o risco de progressão da doença, a probabilidade de resposta ao tratamento, os efeitos colaterais dos medicamentos e a presença de outras doenças, como doenças psiquiátrica, cardíaca ou renal, doenças autoimunes, uso abusivo de álcool e outras drogas. .

Até o momento, não existe uma vacina que previna a infecção pelo vírus da hepatite C.A prevenção requer atitudes e práticas seguras, como uso de preservativo, não compartilhamento de instrumentos cortantes e objetos de higiene pessoal (escovas de dente, alicates de unha, barbeadores ou depiladores).

Utilizamos cookies para garantir melhor experiência em nosso site. Conforme a lei de proteção de dados pessoais, mais informações, e nossa Política de Privacidade.
Aceito
ATENDIMENTO
(11) 2164-5000
atendimento@fleming.med.br
comercial@fleming.med.br
compras@fleming.med.br
rh@fleming.med.br
sac@fleming.med.br
SELO DE QUALIDADE
FLEMING - 2013 - 2021
Diogo Wad - diogo.wad@gmail.com